sábado, 25 de outubro de 2014

Capitulo 25 - What are you doing here?


´´Eu acho que apareci na hora errada,na festa errada.´´


 Com a casa cheia, muitas mulheres dançando, a festa estava mais que animada. Era um milagre Julie não ter ligado ainda, e eu não estava preocupado com isso. Estávamos só esperando uma pessoa, mas o pior é saber se realmente ele viria.
-Aê Drew, onde está as bebidas mais fortes?
-Aonde ficam as bebidas Chris? - Ele saiu e eu voltei a olhar a bunda daquelas garotas, e que bundas em.. Me levantei e fui até uma garota que estava de costas para mim, aparentemente, já tinha visto ela em algum lugar, fui tirar minha duvida.
-Nunca pensei que uma gostosa que nem você, ficaria de costas para mim. - Ri, e apertei na bunda dela. Quando a mulher se virou, me senti tão otário... - Hannah? Que diabos você tá fazendo aqui?
-Você não disse que a casa estaria aberta para todo mundo.. Justin? - Ela me olhou de cima a baixo, e começou a rir ironicamente, logo depois colocou na boca o liquido que estava em seu copo, se não me engano era tequila pelo cheiro.
-Para todo mundo, menos você. De você, eu quero distância.
-E o que você vai fazer?
-Só não te boto rua a fora, porque estou muito calmo. Se não, te jogaria no meio da rua.
-Você não tem coragem de fazer isso não é, Justin? - Ela foi se aproximando de mim, com aquele cheiro de tequila misturada com vodca impregnada nela.
-Coragem é o que não falta em mim para fazer isso.
-A fala sério, você não tem coragem, eu sei que você ainda gosta de mim.. - Ri.
-Gostar de você? Eu estou muito bem com Julie, e digo novamente, de você eu quero distância!
-Por falar nisso, cadê Julie?
-Não te interessa vagabunda.
-A sua princesinha tem que sair para o rei dar um festa? Nossa, que amor é esse? -Ela riu irônica, afinal aqueles olhos, olhando diretamente aos meus estavam me deixando com uma raiva fora do normal- Só tenho que te falar uma coisa.. Você está maravilhoso. - Revirei os olhos.
-Olha Hannah, eu não quero ter que ficar te aguentando a noite toda, e que noite.. Então por favor, não faça suas besteiras. Por que eu te conheço.
-Ta com medo que eu apronte alguma coisa? Não sou eu que vou aprontar.
-A sim, você veio porque Richard mandou não é? - Ela me olhou, e saiu rebolando para não sei onde.
 Voltei a minha ativa.. Comecei a beber e assanhar todas as garotas que estavam por lá, Chris e Ryan já estava mais que bêbados, Chaz, evaporou para o quarto. Já estava de madrugada e Richard ainda não tinha chegado, enquanto a festa rolava, subi para meu escritório e vi que tinha 14 chamadas perdidas e de quem? Julie! Estava demorando.. Resolvi ligar para ela, e nada. Só dava caixa postal. Era só o que me faltava, ela me liga catorze vezes, e quando eu ligo não atende. Como não ter raiva disso?! Desci novamente e dou de cara com quem? A princesa que eu esperava.
-Olha quem apareceu.. - Comecei a bater palmas.
-Batendo palmas porque Bieber? - Ele e Hannah tinham que dar as mãos, mais irônicos não existiam.
-Estava esperando você aparecer..

Pov Julie

 Aposto que Justin pensava que eu estava em Miami, engano dele. As meninas foram, mais eu falei com Pattie que não queria ir, ela quase se ajoelhou para que eu fosse, mais na hora de embarcar, dei um sumiço e fiquei andando na rua.. Sim, desde aquela hora, até agora, mais claro que por volta do aeroporto, depois peguei um taxi e fui até perto da casa dele, depois fui andando. Liguei para Justin quinhentas vezes e ele não atendeu nenhuma vez, dai depois de meia hora, ele vai lá e lembra que eu existo? Haha! Estava andando a caminho da casa dele, quando ele me liga, se ele pensava que eu iria atender ele estava muito enganado. Quando viro a esquina, vejo um monte de carro na rua, uma luz que vinha da casa dele e um barulho que dava para escutar de lá.. Sério que ele mandou nós para Miami e deu uma festa? Ele me pagava. Cheguei até a porta de casa e a festa realmente era lá. Fui entrando e tinha um monte de mulheres, algumas nuas, o cheiro de bebida e cigarros estavam saindo de dentro da casa. Isso que eu só estava no jardim.. Eu passei e aquelas mulheres loiras aguadas, me olharam de cima a baixo, quando entro vejo as mesmas coisas que eu vi ao lado de fora, só que um pouco pior.. Um pouco mais pro meio da festa, vejo Justin conversando com Richard, Richard, isso mesmo? Richard?! Então por isso que ele não me queria por perto, vou andando mais para ver o que estava rolando na festa quando Hannah entra na minha frente.
-Quando tempo.. - revirei os olhos e continuei andando, só que por um momento senti vontade de socar a cara daquela vadia. Voltei e fiquei frente a frente com ela.
-O que é?
-Como você mudou..
-Pelo menos eu mudei né, não continuo com a mesma cara de vadia de sempre que nem você..
-O que?
-Não tem mais porque eu ter medo de você...
-Hum, medo você pode não ter, mais o que você vai fazer comigo? Me matar? - Ela riu tão alto que umas cinco pessoas que estavam perto nos olharam. Ela parecia estar bêbada.
-Eu quero sujar minhas mãos te matando... Prefiro que morra sozinha. -Ela me olhava com um risinho sarcástico. O cheiro dessa festa já estava me enjoando, enquanto Hannah bebia mais um copo de não sei o que, eu voltei a caminhar para o meio da festa. Mais interrompida por ela novamente que puxou meus cabelos para baixo.
-Onde pensa que vai? - Olhei para ela de cima a baixo e dei um tapa muito bem dado na cara dela.
-Pelo o que eu saiba.. Aqui também é minha casa querida. - A empurrei e fui andando novamente. Justin e Richard não estavam mais juntos, pelo menos a onde eu tinha os visto. Estava me aproximando da cozinha quando vejo Justin e uma vagabunda se assanhando. Comecei a rir instantaneamente e fiz o caminho de volta. Mas sou atrapalhada por Richard, puta que pariu! É o meu dia hoje..
-Olha quem está aqui... Porque estava indo embora?!
-Richard.. Eu não te devo satisfações, então me deixa em paz. - Tendei ir para fora, mais ele não deixou.
-Viu o que não devia? - Olhei para a entrada da cozinha e Richard fez o mesmo. - Hum.. Isso não é nada legal não é? - Não disse nada e comecei a encara-lo. - Que tal fazermos o mesmo? - Ele me jogou para a parede e ia me dando um beijo, mas desviei.
-Você ta louco? - Ele era outro que estava com cheiro de bebida.
-Aposto que quer dar o troco no Justin, não?
-Não com você! - Consegui fugir dos braços dele e fui até o lado de fora da casa, o que também estava cheio de gente. Peguei um copo que pela cor parecia ser Whisky, e quem aparece ao meu lado? O diabo do  Richard. - O que você quer?
-Não consigo ficar longe de você..
-Vai lá com a Hannah... Ela pelo menos está na mesma situação que você.
-E qual situação seria?
-Bêbados.
-Quem disse que eu estou bêbado? - Revirei os olhos e olhei para aquele povo bebendo que nem uns loucos e dançando alegremente. Ficamos quietos por alguns minutos, o tempo suficiente para Ryan me ver.
-O que você está fazendo aqui Julie? E você Richard, do lado dela? - Ele falava todo enrolado, e o olhei assustada. - Não era pra você estar em Miami?
-Era, mais não fui. - Sorri.
-Justin não vai ficar nada feliz quando souber disso..
-Simples, só você não falar pra ele.
-Xi... Já era.
-Eaê Ryan, quem é essa gostosa que você está conversando? - Ele falou todo assanhado. E quando viu que era eu, mudou totalmente a feição. - O que você está fazendo aqui?
-Eu não fui pra Miami..
-Isso eu to vendo né. Mais porque você não foi?
-Porque eu não quis. Simples.
-Depois dessa eu até parava com essa festa em. - Disse Richard e eu e Justin o olhamos.
-Vem aqui porque eu quero falar com você a sós. - Justin pegou minha mão e já ia me puxando para dentro.
-Mas eu não quero conversar com você. Agora que eu estou aqui, quero aproveitar a festa.
-Mas a festa não é pra você.
-Disso eu sei, porque até me levar para Miami quis me levar, não é?
-Vamos pra dentro Julie.
-E se eu não quiser? - Ele respirou fundo e pegou minha mão me puxando para dentro.
-Me solta.
-Cala a boca Julie.
-Me solta se não eu faço um escândalo nessa bela festa.
-Faz escândalo pra você ver. - Ele me empurrou pra escada e fez eu subir pegando em meus cabelos.
-Agora da pra me soltar? - Ele fingiu que não escutou e continuou segurando meus cabelos até o escritório dele, quando chegamos, ele fechou a porta a chaves e ai que ele foi me soltar.
-Agora você vai me falar o por que não foi para Miami sua vagabunda. - Ele fechou as mãos com raiva.
-Eu não vou falar porra nenhuma Justin, afinal eu não te devo satisfações. - Justin pegou meu pescoço e me segurou na parede. Ele apertava meu pescoço um pouco forte. - Qual é? Vai me bater agora? Covarde. -Falava com um pouco de dificuldade.
-Repete. - Os olhos dele só faltavam sair fogo, ele me apertava cada vez mais. Estava quase sem ar.
-Co..covarde. - Só foi eu terminar de falar que eu senti meu rosto formigando, e Justin bufando indo em direção a mesa.
-Isso é só pra você aprender a me respeitar, entendeu? - Senti o sangue escorrendo pelo canto de minha boca e ele quase quebrou a mesa dele.
-Agora vai quebrar a mesa? Por que quebrar uma coisa tão valiosa assim? Me bate mais vai.
-Acho que você não me entendeu.. É pra me respeitar se não eu te arrebento em um segundo.
-Então me arrebenta! Cadê o machão em? Me bate mais. - Limpava o pouco de sangue que ainda saia de minha boca com minha camiseta, Justin voltava a se aproximar de mim apontando o dedo.
-Acho melhor você ficar quieta mocinha.
-Não aponta essa porra pra mim. - Ele riu pegando meus cabelos violento e me jogando na mesa. É claro que me machucou mas não demonstrei tanto.
-Eu to falando pra você ficar quieta. -Ele já ia me batendo de novo quando peguei um tipo de cinzeiro que estava em cima da mesa e joguei nele. Ele ficou mais furioso do que já estava, tentei sair mais ele não deixou. Pegou a chave da porta e começou a rir.
-Além de me bater, agora vai me prender aqui pra sempre?
-Por que quer sair agora? Isso aqui está tão bom..
-E por que você está perdendo seu tempo em quanto você podia estar se esfregando naquelas putas lá em baixo?
-Porque aqui é mais legal..
-Pra você. Agora se você quiser ser gentil pelo menos uma vez na vida, me deixa sair? - Já estava aumentando o tom de voz novamente.
-Eu até deixo você sair. Só que você não vai fazer nada lá em baixo. Ta ouvindo bem?
-Da pra abrir essa porta por favor? - Ele me entregou a chave, abri a porta e sai. Vi que ele estava vindo atras de mim. Comecei a andar mais rápido, mas mesmo assim ele ficava a um passo de mim.. Descemos a escada e dou de cara com Richard que estava com Hannah. Seria uma pena se eu beijasse ele agora não é? - Richard? - Ele me olhou com um sorriso.
-Sim gatinha?
-Aquela tentativa de beijo... Ainda está disponível?
-Opa.. É pra já. - Ele entregou o copo para Hannah e me beijou, o gosto de bebidas misturadas da boca dele me deu nojo, ou melhor, esse homem me da nojo.. O que eu não faço por "vingança"?! Justin viu e veio feito um louco pra cima de Richard.
-Que porra você ta fazendo? Já não basta ter essa dai - Ele falava de Hannah. - Agora quer Julie também?
-Pelo o que eu saiba, você que pegou Julie de mim..
-Ela nunca foi sua. Se afasta dela agora. - Ele me empurrou e eu cai. Todos da festa já estavam olhando. Os dois começaram a discutir e se bater. Sai em meio daquela gente gritando por briga.. Queria mesmo é que eles se matassem. Fui para o meio da rua e comecei a andar sem rumo, a madrugada já estava clara, aposto que seria um pouco menos que cinco horas da manhã.. Fui andando até me cansar, até que paro na calçada de uma lanchonete, morrendo de sono.



OEEE MEUS AMORES!!
Tudo bem com vocês? Bom eu não tenho nada a dizer.. Só sobre a raiva que eu senti do Justin nesse cap hsaushau. Mais enfim.. gostaram do cap? Espero que sim <3 <3 <3
Não se esqueçam que eu amo vocês, e por mais que eu demore eu sempre fico pensando " Elas vão me matar, preciso escrever" e coisas do tipo u.u
Bom, logo mais eu to aqui, e é isso. beeijos <3


Ludmilla : Continuei amor, não tem como eu não me preocupar :/, eu amo vocês cara *-* E que bom que me entende <3

Reh : Sashuashua, parei, mais continuei gatan <3 

anonimo : Awns obg amor <3. Espero que vocês duas estejam gostando *-*

Bruna : Leitora nova *-* <3, seja bem vinda! Claro claro, eu sei como é ficar esperando a escritora postar, e ela nunca posta :s 

Lais : Pois é, pra você ver hsauhsahu. melhorei sim amor <3, agora é alergia da maquiagem :/ pra você ver minha sorte kkkk

Anna : Awwns, parabéns!! Espero que esteja gostando de cuidar dele *-*(que coisa idiota que eu falei, é claro que você está gostando de cuidar dele shaushua), tudo bem amor <3


Fuuui! ( perceberam que eu coloquei "<3" em tudo? *-* É meu amor por vocês shausausa) 
beijos