sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Capitulo 42 - Os planos não cooperam!


´´Pare! Pare! Eu não aguento mais! Me mate logo se você quer tanto isso.´´



  Fazia tempo que Richard não aparecerá aqui desde que saiu, ficar aqui já estava ficando entediante, precisava fazer alguma coisa, precisava agir logo. Não poderia ficar aqui por muito tempo de novo não! Mas não vou ficar, Justin irá me tirar daqui, eu acredito nisso.
-O que faz ai? - Richard apareceu me pegando em cima de um tambor olhando a bela vista da pequena janelinha que continha aqui. Uma parede inacabada.
-Não se pode mais olhar pela janela?
-Não quando se trata de você. Você quer ir ao médico não quer?
-Claro. - Disse saindo de cima de um tambor. - Você merece um abraço por sua gentileza Richard. - sorri caminhando de braços aberto até ele, observando seu celular no bolso da calça. Ele e a sua mania de andar com dois celulares.
-Se afaste. - o olhei incrédula.
-Por que? Não gosta de abraços?
-Não é que seja isso querida. -ele disse ao canto do meu ouvido. - É que toda vez que você me abraçou, tentou roubar meu celular. - ele riu irônico tirando seus dois celular do bolso. Merda! Pensei.
   Como ele tinha lembrado disso? Se passou tanto tempo desde a ultima vez que trabalhei aqui... Três anos? Não sei... Mas ainda tinha outro plano, o hospital, lá eu irei conseguir algo.
-Vamos para o hospital logo? -assenti. - Lembrando, nós somos casados e iremos viajar logo depois para a lua de mel. - Richard disse sonhador e eu ri. Ele deu de ombros. - Não que que você dê nenhum piu no caminho. Escutou bem?
-Sim Richard. -disse irônica.
   Ele foi me empurrando o corredor todo, até chegarmos até a escada. O caminho todo eu quase cai cinco vezes... Quando chegamos a escada ele me soltou, onde corri pelos degraus como uma criança feliz subindo a escada de um escorregador no parquinho. Me assustei quando Richard abriu a porta, onde dei de cara com três homens com armas apontadas para a porta.
-Abaixem! - Richard falou. - Abaixem. - Continuei no ultimo degrau da escada, ele conversou aparentemente sério com o homem do meio, enquanto os outros dois me impediam de passar a porta. - Como? - Ele gritou o empurrando, me puxou pelas mãos fazendo eu tropeçar. Quando vi o motivo do nervosismo dele, me veio um novo choque de esperança.
-Justin! - Gritei e Richard colocou a arma em minha cabeça. Gelei, senti meu coração parar por alguns instantes.
-Não! Você não é nem louco! - Justin disse e o choro já estava em minha garganta, Richard apertou ainda mais a arma em minha cabeça.
-Abaixe a armar que eu penso no caso sobre abaixar a minha Justin. - Richard gritou para Justin, e o mesmo fez o que Richard pediu. -Se der mais um passo eu atiro. - Comecei a chorar e vi nos olhos de Justin, que ele não estava gostando nada disso e ele parecia triste.
-Não faça isso Richard.
-Por que não faria? Porque ela está grávida? Não me é uma boa resposta. - Justin me olhou não entendendo nada, como se estivesse me perguntando " como ele sabe?!" - Eu vou mata-la de qualquer jeito. - Richard riu e a risada dele fez minha cabeça entrar em desespero.
-Ah mais não vai mesmo! - Justin pegou a arma novamente e Richard destravou a arma, nesse momento quase cai para trás, ele realmente estava disposto a me matar. Justin soltou a arma em cima de uma mesa.
-Vá embora! Você a verá em breve em seu túmulo Justin.
-Veremos então. Eu vou. Mas eu volto.
-Aqui não estaremos mais quando voltar. - Richard me fez passar por Justin, onde eu tentei segura-lo mas Richard me impediu e Justin me olhou mais triste ainda. Fomos para a rua e não tinha nenhum sinal de gente, pois estava chovendo.
  Ele me levou até um carro no meio da chuva, me forçou a entrar e a ultima coisa que vi antes de entrar foi Justin entrar em seu carro, Richard acelerou e partimos não sei para onde, só sei que do jeito que ele estava, prestes a matar alguém (e esse alguém, era eu. ), para o hospital é que não era. E mais um plano meu, e ultimo... Não deu certo.
Merda! Pensei novamente.
  Tentava olhar para trás mas não via nada, a chuva estava pesada e Richard corria feito um louco pelas ruas, estava com mais medo do que já estava e não sabia o que fazer.
-Ele pensa que vai conseguir me alcançar.... Trouxa. - Richard murmurou irônico, me fazendo escutar.
-Por que está passando por tudo isso? Não seria mais fácil me matar logo? Me mate e me jogue em qualquer canto! Pelo amor de Deus! Eu não aguento mais! - Gritei as ultimas palavras, Richard começou a correr ainda mais e derrapava, acredito que nem ele mesmo sabia para onde estava indo.
-Cala a boca! Cala a boca! Não me desconcentre.
-Você está louco! Eu quero sair daqui! Me solta!
-Sai e morre. Do jeito que estou correndo, você coloca um pé pra fora e o quebra no mesmo instante.
-Mas não é me matar que você quer? Então... Para que me levar para tão longe?
-Eu disse para você calar a boca Julie!

P.O.V Justin

  Richard só poderia ter bebido alguma coisa muito forte para estar agindo desse jeito, nem eu com minhas coisas fico assim... Ele corria tão rápido que nem com meu carro dava para alcança-lo. O medo dele fazer algo com Julie estava me atormentando, não sabia nem para onde ele estava a levando, a chuva estava me atrapalhando havia momentos em que perdia o carro dele até que o perdi de vez.
  Abaixei a velocidade e parei o carro em um acostamento, deliguei o mesmo e abaixei minha cabeça no volante.Nada estava cooperando, nada! Pensei em onde ele poderia estar levando minha Julie, mas nada veio a minha cabeça, talvez ele só estava tentando me despistar? E será verdade o que ele estava falando quando disse que não estaria mais lá? Minha cabeça girava com tantos pensamentos. Quando a chuva cessou, foi ai que comecei a pensar em algo. Louis com certeza saberia de algo. Peguei meu celular e vi que não tinha nenhum sinal.
-Que ótimo! - bati no volante nervoso. Então resolvi voltar para a boate, para onde era o caminho não fazia a minima ideia, mas esperava voltar para lá.

[...]

-Pra onde eles vão? - Disse perdendo a paciência.
-Eu já disse que não sei Justin! - Louis falou com a cabeça baixa.
-Eu sei que você sabe alguma coisa! Eu te paguei para você ficar de olho nisso.
-Mais não deu para saber cara! Eu não sei para onde eles vão, eu juro.
-O que você jura Louis? - Hannah apareceu, era só o que me faltava. - Justin! que surpresa.
-Sínica. - Murmurei.
-O que disse? - revirei os olhos.
-Esse ambiente está cada vez mais podre não acha?
-Louis, vaza. - Ela disse e Louis saiu imediatamente. - O que faz aqui?
-Não te interessa. - Me virei, pronto para sair.
-Eles agora devem estar em um avião, ou talvez, em um helicóptero indo para a lua de mel dele. - Hannah riu.
-Oi? Lua de mel?
-Ah não soube? Richard e ela agora ão marido e mulher, e vão para a lua de mel. - ela riu ainda mais. - Calma Justin! Ela não se casou novamente... Só uma pequena viagem.
-Para onde eles foram Hannah?
-Infelizmente isso eu não posso lhe dizer Justin... - Peguei minha arma e apontei a ela. - Ei, calma!
-Me fala para onde eles foram!
-Eu não sei. - Ela disse calmamente, destravei minha arma. - Eu não sei Justin!
-Você não me engana mais Hannah! Me fala logo.
-Richard não me contou! Eu também estou tentando descobrir. - A olhei desconfiado. -Eu to falando sério.
-Não acredito. - Atirei, mas não para acertar nela. - Acho que não seria uma má ideia apontar essa arma um pouco mais pra cá...
-Não!
-Então me fala Hannah! Onde eles foram?
-Se eu soubesse você acha mesmo que eu estaria aqui Justin?
-Não sei... Talvez para vigiar alguém?
-Você se acha não é?
-Claro que não. Só estou supondo.
-Eu quero descobrir tanto, quanto você.
-Hum, será que você sabe e resolveu ficar só para e encher as paciências? - ela revirou os olhos.
-Eu não sei caramba! Eu não sei. - ela gritou.
-Gente, me desculpem atrapalhar, mas isso aqui vai abrir e... - Louis começou a falar.
-Ouviu não é Justin? Você precisa ir agora.
-E se eu quiser ficar?
-Eu sei que não quer Justin... Você vai procurar Julie que eu sei. - Ela tinha razão, eu até poderia ficar aqui, mas precisava de informações... E isso não seria fácil.






Oi oi genteee!
Me desculpem a demora, é que como sabem.. Comecei a nova fanfic no spirit e to com a cabeça SUPER nela, dai eu me "esqueço" do assunto daqui e puf hsauhsua!
Mas estou aqui e é isso...E também me desculpem o capitulo pequeno, é que como está chegando ao fim, to tentando fazer os caps menos e com o assunto que eu guardei para cada cap para dar tudo certo e tals... E para claro... Ter mais caps aqui com vocês *-*
(Acho que é 5/4 caps para acabar aaaah dios :(  )
Ok ok.  O que acharam do cap? Vamos matar esse Richard > POW POW!
Mas as coisas mudam e tudo vai dar certo no final, eu acredito nisso *-*
Bom, até o proximo cap, já falei demais!!!
E Ah! A nova fic... Para que não conseguiu acessar o link no post passado é que tivemos que excluir, e melhoramos a mesma. E aqui está o novo link > Aqui e o Novo trailer : Aqui!!


Dre : Julie é louca não é? Pronto, postei meu amor!! E claro, claro... Pra escrever eu tive que olhar umas três vezes para ter certeza do seu nome... Nome diferente não? Haha *-*

Renata : Não precisa disso não amor! aqui todo mundo é igual *-* Eita Juliana! Vamos matar, vamos matar! Esse filho da mãe deve morrer o mais rápido possivel shaushau beeijos amor!

Gaby : Oh, não precisa ter medo de mim não, sou do bem ( um pouco shaushau) Tomara mesmo! Esse merece ir pro inferno! Tortura nunca é demais! Continuei meu amor <3

Anônimo : Sim tem sim! Acho que tem mais uns 5/4 capitulos ainda *-*

Laah : Siiim :( :( , mas tem outra para ficarmos juntas e claro que vou invetar alguma coisa para postar aqui shaushau. Mas não morra não! Não morra não, como irei viver? Vamos fazer ele morrer? Vamos entrar na fic? Continuei amor <3

Joelma : Sim, eu tbm me iludo, semrpe quero fazer final feliz. Dessa vez ela não pode perder o filho pq se não eu vou chorar dnv :( :( Continuei dlç <3

Anônimo : Tem sim amor! 5/4 ainda!

Camila : Claro que posso! Vai estar na aba de divulgação amor ! *-* Beijos.

Reh : É, pelo visto não deu né? Parece que tudo conspira contra :( Então te espero lá amor <3 Espero que goste da nova fanfic :D Continuei coisa linda <3

Anônimo : Continueeei amor <3 

Anônimo : Mds mds mds! Continuei <3

Nih : Awns, obrigado <3 Awns <3 E continuei sim, e obrigado novamente genten <3 <3 

Amanda : Continueei <3 Claro que divulgo amor! Vai estar na barra de divulgação! Sim sim <3 beijos!

Ufa, quantos comentarios em? haha beijos!